Culturas de Varanda #4: O renascimento

Setembro e outubro são meses de recomeço. Nos meus canteiros também é essa a palavra de ordem, e em boa verdade sem intervenção minha. O verão não foi muito quente, mas foi suficiente para me secar os coentros, o manjericão e a salsa e para desmotivar o meu entusiasmo pelos canteiros. Mesmo assim, no fim do verão, decidi deixar os restos secos dos ramos nos canteiros e continuei a regar, regularmente, na esperança que as sementes secas, dessem origem a novas ervas aromáticas.
O verão passou e a frequência da rega diminuiu. Ontem, precisei de ervas para cozinhar, e qual não foi o meu espanto a ver como estavam os meus vasos:

DSC01307DSC01310

A salsa a nascer por todo o vaso e os coentros a seguirem-lhe o exemplo. Outra surpresa foi o vaso da antigo vaso da rúcula(que tinha espigado antes de crescer) que foi invadido por hortelã vinda não sei de onde:

DSC01304

Posto isto, já tenho um ânimo redobrado para voltar a cozinhar, porque ervas aromáticas fresquinhas já não vão faltar.

3 thoughts on “Culturas de Varanda #4: O renascimento

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s